Projetos / CASA DA PASSARELA

  • _DSC1563 D
  • CASA DA PASSARELA
  • CASA DA PASSARELA
  • CASA DA PASSARELA
  • CASA DA PASSARELA
  • CASA DA PASSARELA
  • CASA DA PASSARELA
  • CASA DA PASSARELA

Descrição

Local: Brumadinho-MG
Data: 2005

Foto: Eduardo Eckenfels

A casa da passarela é dividida em blocos espalhados pelo terreno, para não interferir na mata atlântica e preservar a topografia do local. Os blocos são interligados por decks de madeira que se cruzam sem se tocar. O deck superior emerge dos fundos do lote, em contato com a vegetação, atravessa toda a casa, e na parte frontal a medida que o nível do terreno vai abaixando, o deck transforma-se numa passarela a nove metros do chão para integrar-se com as copas das árvores.

A construção de 158 m² tem três módulos horizontais distribuídos em dois andares, na cidade de Brumadinho, a 30 minutos de Belo Horizonte. Ela está cravada num terreno íngreme com 45º de aclive, e valendo-se da mínima movimentação de terra necessária, não há cortes de terra que necessitem de muros de contenção. O projeto priorizou as árvores nativas e consideram a grande presença dos jacarandás que permeiam os espaços.

O quarto principal está voltado para a mata, onde não há vizinhos, e a integração se dá pela ampla janela. A circulação entre os blocos se dá por passarelas de vidros, sem paredes, o que permite o contato visual com toda a natureza quando se anda de um cômodo para o outro.

________________________________________________________________________________________________

The Walway House is divided into three blocks spread across the land, só as not to interfere with the forest and preserve the topography. The blocks are interconnected by wooden decks. The upper deck emerges from the back, crosses the house, and becomes a walkway nine meters from the ground to integrate with the tree tops.

The 158 m² building has three horizontal modules spread over two floors, in the city of Brumadinho, 30 minutes from Belo Horizonte. It is embedded in a steep terrain with 45º of slope, and using the minimum necessary soil movement, there are no land cuts that require retaining walls. The project prioritized the native trees and consider the great presence of the jacarandas that permeate the spaces.

The main bedroom faces the forest, where there are no neighbors, and the integration takes place through the large window. The circulation between the blocks takes place through glass walkways, without walls, which allows visual contact with all nature when walking from one room to another.

Categoria(s) :